Conselho Diretor

Mandato de 01.05.2019 a 30.04.2021

PRESIDENTE:

SATHYAMURTHY MAYILSWAMY

Associada: OLAM Agrícola Ltda.

 

VICE-PRESIDENTE:

BERTRAND MARIE REMY

Associada: Barry Callebaut Brasil Ind. Com. de Prods. Alim. Ltda.

 

DIRETOR-TESOUREIRO:

LAERTE NOGUEIRA PORTO MORAES

Associada: Cargill Agrícola S.A.

SUPLENTES:

ALEXANDRE MATTIUZZO LOPES

Associada: Barry Callebaut Brasil Ind. Com. de Prods. Alim. Ltda.

RICARDO LOPES FERREIRA LEITE

Associada: OLAM Agrícola Ltda.

ELIANA CRISTINA RONCHEL IANEZ

Associada: Cargill Agrícola S.A.

Conselho Fiscal

Mandato de 01.05.2019 a 30.04.2021

TITULARES:

ADRIANA DE CARVALHO CHAMMAS

Associada: OLAM Agrícola Ltda.

JEANE DE SOUZA CARDOSO

Associada: Cargill Agrícola S.A.

LUIS FERNANDO MONDINI RODRIGUES ALVES

Associada: Barry Callebaut Brasil Ind. Com. de Prods. Alimentícios Ltda.

SUPLENTES:

EDVAR ALVINO DE CARVALHO COSTA

Associada: OLAM Agrícola Ltda.

LUIS RICARDO CHIARELLO

Associada: Cargill Agrícola S.A.

SHIRLEY GONÇALVES BATISTA SCLOSA

Associada: Barry Callebaut Brasil Ind. Com. de Prods. Alimentícios Ltda.

Equipe

WALTER TEGANI

Secretário Executivo

ADRIANA FERRARA

Diretora Financeira

Comitês

Os comitês da AIPC têm seus membros atualizados trimestralmente e se dividem em quatro grandes frentes de trabalho:

Comunicação

Desenvolvimento de estratégias para trabalhar e fortalecer a identidade da AIPC e com isso ajudar o setor cacaueiro a e fortalecer e retomar o seu protagonismo no cenário nacional. Para tanto, o comitê trabalha para engajar atores-chave na cadeia de valor como governos, entidades, empresas e produtores.

O comitê também trabalha no levantamento, análise e divulgação de dados e estatísticas do setor, além de estudo setoriais. Esses dados contribuem para que a informação chegue aos públicos de interesse de forma concreta, clara e eficaz.

Sustentabilidade

Trabalhar ações que promovam o desenvolvimento social, econômico e ambiental nas regiões onde a cultura cacaueira está implantada é primordial para a AIPC. Um dos principais focos do trabalho é viabilizar o Plano de Crescimento Sustentável, que almeja dobrar a produção de 200 para 400 mil toneladas até 2027 com a recuperação de áreas degradadas em sistemas agroflorestais (SAF´s) com cacau, notadamente nos estados do Pará, Roraima e Mato Grosso. Outra prioridade é trabalhar para fomentar o aumento da produtividade nas áreas já existentes, especialmente nos estados da Bahia, Pará e Espírito Santo.

Além disso, a AIPC participa do Cocoa Action Brazil, iniciativa do World Cocoa Foundation que visa o desenvolvimento sustentável da produção de cacau com ganhos para os produtores, comunidades e empresas.

Qualidade

O comitê tem o intuito de acompanhar as ações legislativas que impactam o setor do cacau no Brasil. Também é trabalho do comitê de qualidade criar um parâmetro nacional de qualidade do cacau e de seus derivados e monitorar as questões relacionadas aos resíduos contaminantes.

Comércio Exterior

É o responsável por promover ações para estreitar o relacionamento do setor cacaueiro brasileiro com os principais mercados de destino dos produtos. Para isso, o comitê também trabalha para melhorar o fluxo de comércio do Brasil com os seus principais parceiros, impactando positivamente a exportação de derivados de cacau e consequentemente, melhorando a competitividade das indústrias brasileiras.

Código de Ética e Conduta

A AIPC possui um rígido conjunto de regras para conduta ética e de prevenção e combate à corrupção, que aponta as principais responsabilidades e ações da entidade conforme a legislação vigente e cujos principais objetivos são:

- Garantir a transparência das ações e dados;

- Compromisso com a legalidade e a cooperação com os órgãos reguladores dos mercados onde atua;

- Garantir a disseminação dos valores éticos que norteiam a entidade;

- Prezar por um ambiente de igualdade de direitos, harmonia e colaboração entre a equipe